domingo, 27 de março de 2016

Os operários da Ford e da Volks deliberam a luta contra o golpe

Os metalúrgicos da Ford e da Volkswagen, em São Bernardo do Campo, deliberaram a luta contra o golpe da burguesia entreguista e do imperialismo norte-americano.

A Assembleia da Ford contou com mais de 4.000 trabalhadores e foi realizada no último dia 22, enquanto a Assembleia da Volks foi no dia 23. Esta empresa conta com aproximadamente 10.000 metalúrgicos.

Cumpre, ainda, fazermos uma observação, em uma dessas fábricas, mensalistas (funcionários de escritórios e administrativos), a quase totalidade de puxa-sacos e fura-greves, que nunca comparecem às Assembleias, de forma provocativa, tentaram vaiar a diretoria do Sindicato, tendo sido repelidos pela maioria esmagadora de operários horistas. É importante denunciar também que o PSTU e seus satélites, que apoiam o golpe, estão fazendo aliados a esses puxa-sacos, fura-greves e golpistas.

O exemplo de luta dos metalúrgicos do ABC deve ser seguido: em todos os lugares de trabalho, nas fábricas, nas empresas, nos bancos, nos campos, nas empresas agrícolas e rurais, em todas as universidades, escolas, devem ser realizadas Assembleias para lutar contra o golpe, formando-se Comitês de autodefesa e de luta contra o golpe da burguesia entreguista e do imperialismo norte-americano.

Anita Garibaldi

Aparecida Garibaldi

Ignácio Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário