quarta-feira, 9 de março de 2016

Greves e protestos na França contra o ataque aos direitos trabalhistas

Os trabalhadores franceses estão em greve e fazem protestos na França, nesta quarta-feira, contra a chamada “reforma trabalhista” que visa cortar os direitos dos trabalhadores, como, por exemplo, aumentar a jornada semanal para 60 horas. 

A greve e os protestos coincidem com a greve dos ferroviários. Pela manhã, escolas estão paralisadas em Paris e Marselha.

Se o imperialismo francês quer fazer isso com os seus trabalhadores, imaginem o que a burguesia nacional e o imperialismo dos Estados Unidos pretendem fazer com os trabalhadores brasileiros com o golpe em marcha!

Isso demonstra a crise profunda do capitalismo mundial, essa é a razão do golpe da burguesia nacional e do imperialismo norte-americano, com o objetivo de escravizar os trabalhadores brasileiros, com a terceirização (precarização/escravidão), corte do seguro-desemprego, cortes das aposentadorias e pensões, e supressão dos programas sociais, como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Fies, Pronatec, Pró-Une, etc.

- Total solidariedade aos trabalhadores franceses!

- Não à “reforma trabalhista” do imperialismo francês!

Tendência Marxista-Leninista

Nenhum comentário:

Postar um comentário